A Guerra Civil americana e a Guerra do Paraguai: uma análise histórica sobre os fatores que tornaram estes conflitos inevitáveis

Lívia Freitas Pinto Silva Soares

Resumo


Este artigo tem como escopo avaliar a conjuntura e as condições que inviabilizaram a resolução pacífica dos impasses e das contradições, os quais atravessaram os Estados Unidos e as quatro nações sul-americanas, que se envolveram na Guerra do Paraguai. Ou seja, procuraremos compreender os episódios e identificar o momento em que a Guerra Civil americana e a Guerra do Paraguai se tornaram inevitáveis. Deste modo, a escolha teórico-metodológica consiste no diálogo com os estudos de Bandeira (1998), Doratioto (2002), Paludan (1990), entre outros pesquisadores que nos fornecem aportes teóricos para compreendermos as razões pelas quais os dois conflitos se tornaram cruciais para a resolução das questões a serem arbitradas pelas respectivas nações. Neste sentido, pode-se constatar que a existência de uma rede diplomática eficiente no Paraguai teria evitado o conflito entre esta nação e a Tríplice Aliança, ao passo que no caso americano, a guerra civil tornou-se inevitável, quando o Partido Republicano leva a efeito uma política de contenção da instituição escravista no país. Assim, as reflexões iniciais versarão sobre determinadas especificidades caras à Guerra de Secessão e, a seguir, serão contemplados os elementos que marcaram a Guerra do Paraguai.

Palavras-chave: Guerras; Paraguai; Estados Unidos. 


Texto completo:

PDF

Referências


BANDEIRA, M. O expansionismo brasileiro e a formação dos Estados na bacia do Prata: Argentina, Uruguai e Paraguai, da colonização à Guerra da Tríplice Aliança. 3. ed. Rio de Janeiro: Ed. UnB, 1998.

DORATIOTO, F. Maldita guerra: nova história da Guerra do Paraguai. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

PERLMAN, M. The Coming of the Civil War. Lexington: 3 rd ed., 1993.

POTTER, D. The Impending Crisis. New York: Harper, 1977.

PALUNDAN, P. A People´s Contest. New York: Oxford University Press, 1990.

BENSEL, R. Yankee Leviathan: The origins of Central State Authority in America (1859-1877). New York: Oxford University Press, 1990.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Lívia Freitas Pinto Silva Soares